AL: jovem que atirou contra 2 em escola se entrega à polícia

Em perseguição a outra pessoa, Rafael pulou o muro da escola atirando

Acusado de atirar dentro da escola estadual Rosalvo Lôbo, bairro da Jatiúca, em Maceió, na segunda-feira, Rafael Lins de Bulhões, 19 anos, conhecido como Rafael da Mancha, se entregou na tarde desta sexta-feira à Polícia Civil de Alagoas e confessou o crime.

Em perseguição a outra pessoa, Rafael pulou o muro da escola atirando. Um vigilante e uma aluna de 14 anos ficaram feridos. O homem segue internado no Hospital Geral do Estado com quadro considerado grave.

Rafael se entregou acompanhado da mãe, do padrasto e do advogado. Em depoimento, afirmou que se envolveu em uma confusão entre torcidas organizadas e que comprou a arma para "acertar as contas" com um adolescente recém saído da Unidade de Internação Masculina que entrou na escola. Rafael, que não possui antecedentes criminais, disse que, depois do caso, vendeu a arma.

Fonte: Terra, www.terra.com.br