Aluno beija colega, é chamado atenção e dá soco em professora

A família do garoto foi imediatamente acionada após o incidente.

Um aluno de 17 anos do Sesi (Serviço Social da Indústria) de Santa Bárbara d?Oeste (SP) deu um soco no rosto da coordenadora, durante o período de aula, nesta quarta-feira (21). O fato teria sido motivado porque a docente chamou a atenção do estudante do ensino médio que teria, segundo a assessoria de imprensa da escola, dado um beijo no rosto de uma aluna. A professora teve sangramento no nariz, foi socorrida e passa bem.

Ainda segundo a assessoria de imprensa da instituição, o jovem é aluno de inclusão, com necessidades especiais, e teria transtorno neurológico, o que o fez reagir agressivamente quando foi contrariado. ?A escola tem um olhar diferenciado para este aluno. Ele, inclusive, foi chamado para uma conversa com muito cuidado, mas acabou perdendo o limite?, afirmou a assessora de imprensa por telefone. O estudante foi suspenso por três dias, conforme regimento interno do Sesi.

A família do garoto foi imediatamente acionada após o incidente. ?Ele é acompanhado por um médico e faz tratamento para o transtorno. Não é um caso de violência gratuita. Agora, os pais estão avaliando a melhor forma de conduzir a situação para que ele continue com a vida normal e os outros colegas também?, explicou a assessora de imprensa.

Segundo a assessoria de imprensa do Sesi, o transtorno do aluno faz com que o jovem se fixe em alguma atitude que repete diariamente. ?Nesse caso ele mandava coraçãozinho para as alunas. Uma atitude bem leve, mas que precisava ser supervisionada para não ultrapassar nenhum limite?, justificou. Conforme a assessoria, a garota que recebeu o beijo no rosto estava incomodada com a frequência do assédio.

Fonte: G1