Alvo de bandidos em aeroporto era o amigo da vítima, diz polícia

A polícia acredita que os criminosos se confundiram.

O rumo das investigações da polícia sobre o caso do jovem morto no Aeroporto de Porto Alegre mudaram. Uma nova linha de investigação ponta que o alvo dos criminosos não seria Marlon e sim um amigo dele que estava indo viajar para o Espírito Santo. De acordo com a polícia, esse rapaz tinha passagem pela polícia e estava recebendo ameaças, por esse motivo ele resolveu ir embora da cidade.

"O Marlon não seria o alvo. Talvez alguém teria apontado a pessoa errada para eles. Uma execução para demonstração de força entre facções rivais", diz o delegado Adriano Melgaço, responsável pela investigação.

Conforme o delegado Melgaço, todos os jovens que foram ao terminal 2 do Aeroporto Internacional Salgado Filho na segunda-feira (19) são moradores da Vila Jardim, bairro da Zona Norte de Porto Alegre, que é dominada por uma facção criminosa. Marlon chegou a morar no bairro e, mesmo após ter deixado a Vila Jardim, mantinha amigos na região. Um vídeo de câmeras de segurança do local mostraram o momento do crime.

Marlon foi morto em aeroporto (Crédito: Reprodução)
Marlon foi morto em aeroporto (Crédito: Reprodução)
Marlon foi morto em aeroporto (Crédito: Reprodução)
Marlon foi morto em aeroporto (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do G1