Amante de goleiro Bruno não estava grávida

Amante de goleiro Bruno não estava grávida

Fernanda Gomes de Castro sai do DIHPP

O advogado Fábio Presoti Passos, novo responsável pela defesa de Fernanda Gomes de Castro, 31 anos, acusada de envolvimento na suposta morte de Eliza Silva Samudio, 25 anos, afirmou nesta quinta-feira que ela não estava grávida quando foi internada na Maternidade Octaviano Neves em Belo Horizonte, no dia 8 de agosto.

A amante de Bruno passou mal na cadeia e foi levada para o hospital após sofrer um sangramento. Na época Ércio Quaresma Firpe, que a defendia, afirmou que ela poderia estar esperando um filho do goleiro.

"A Fernanda não estava grávida. Só isso que eu posso adiantar. Ela estava estressada por causa da prisão", disse Presoti. Além dele, a advogada Carla Silene também foi constituída defensora de Fernanda em substituição a Quaresma, que agora tem como clientes apenas o goleiro Bruno e o amigo dele, Macarrão.

Ainda de acordo com Presoti, Fernanda estaria com um quadro de depressão desde o dia que foi indiciada pela Polícia Civil por envolvimento no crime. "Ela está sendo acompanhada por psicólogos da penitenciária (feminina Estevão Pinto), mas só posso confirmar se é depressão mesmo depois que eu receber os relatórios," afirmou.

Segundo a assessoria da Secretaria de Defesa Social de Minas Gerais (Seds), o acompanhamento psicológico é um procedimento padrão que todas as presas recebem e cabe a cada advogado acompanhar o diagnóstico e divulgar se achar necessário.

Fonte: Terra, www.terra.com.br