"Amei esta família", diz PM antes de matar filhas, esposa e sogros

Após matar cinco pessoas da sua família, ele cometeu suicídio.

Um policial militar reformado identificado como Sérgio Ricardo da Silva, de 53 anos, matou cinco pessoas da sua própria família e em seguida cometeu suicídio, na cidade de Extrema, que fica localizada entre São Paulo e Minas Gerais.

De acordo com informações da polícia, o antes de cometer o crime ele postou uma foto com as vítimas, onde escreveu a seguinte frase: “eu amei esta família”. Com uma uma pistola de calibre 380, ele matou os dois sogros, de 68 e 43 anos, a enteada, de 14 anos, sua filha adotiva de 12 anos, e a mulher,Kátia Marques de Morais Silva, de 36 anos.

Vizinhos relataram que escutaram acionaram a polícia após o barulho de vários disparos vindos da residência onde o casal morava. Ainda segundo a polícia, a filha adotiva, atingida com cerca de seis tiros, teria implorado para não morrer.

Informações repassadas por parentes dão conta de que o casal estava passando por um momento delicado, tendo frequentemente discussões e muitas brigas.

Image title

Image title



Fonte: Com informações do R7