Presídios terão mais 400 vagas, diz comandante geral

Presídios terão mais 400 vagas, diz comandante geral

O comandante-geral da Polícia Militar Gerardo Rebelo esteve hoje no programa Agora, da Rede Meio Norte

O comandante geral da Polícia Militar do Piauí, o coronel Gerardo Rebelo afirmou que o governador Wilson Martins autorizou situação de emergência após as rebeliões no presídio de Esperantina e na Casa de Custódia. A superlotação nas penitenciárias, principal causa dos incidentes, deve ser resolvida em breve, segundo o comandante.

Gerardo Rebelo informou que estão planejadas ampliações na Casa de Custódia e na penitenciária de São Raimundo Nonato e Altos, que juntos garantiriam por volta de 400 vagas. ?Desafogando essas penitenciárias, fica mais fácil remanejar esses presos e gerir as instituições, melhorando as condições dos presos. Imagine viver com oito pessoas numa casa onde cabem quatro: é impossível ficar confortável?, disse o coronel Rebelo.

O comandante aponta como causa desta superlotação a prisão de mais de 500 traficantes de drogas só no ano de 2012 no Piauí. Outro ponto que favoreceu o inicio das rebeliões foi a presença de bandidos integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital), uma organização criminosa atuante principalmente em São Paulo, nos presídios piauienses. ?Eles tem mais experiência, sabem como arquitetar o crime?, disse.

Fonte: Andrê Nascimento