Analista de sistemas é preso acusado de pedofilia no Rio de Janeiro

Na casa dele, foram encontrados mais de 100 vídeos de crianças.

A polícia prendeu um homem suspeito de pedofilia, nesta terça-feira (13), em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, onde ele morava. O suspeito é o analista de sistemas Gabriel Augusto dos Santos Andrade, de 31 anos.

Na casa dele, foram encontrados mais de 100 vídeos de meninas e meninos, com média de idade de 10 anos, em um computador. Policiais disseram que as imagens, que ainda estão sendo analisadas, são fortes.

A investigação começou depois que a mãe de uma das crianças procurou a polícia em São Paulo.

"Após isso, começamos a rastrear os perfis dos acusados. Por ser analista de sistemas, se utilizou técnicas para aliciar. Criou perfis falsos dizendo que era uma menina para convencer a passar fotos íntimas. Ele ilude essas crianças para conseguir as fotos", disse a delegada Samira Vieira Fares da 7ª Delegacia Defesa da Mulheres, em São Paulo.

A polícia descobriu que o suspeito morava no Rio de Janeiro e, então, começou um trabalho conjunto entre as polícias do Rio e de São Paulo. "A gente descobriu que atuava também em outros estados, como Rio Grande do Sul, Minas e Bahia", explicou a delegada titular da Delegacia da Mulher no Rio, Gabriela Von Beauvais.

O próximo passo da investigação é saber se ele teve contato físico com alguma criança. Para a polícia, o caso serve de alerta para os pais.

Homem acusado de pedofilia (Crédito: Reprodução)
Homem acusado de pedofilia (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1