Anestesista é levado pela Polícia Federal por cobrança indevida

le estava no Hospital Nossa Senhora de Fátima durante a abordagem da PF.

Foi levado por policiais federais na tarde desta sexta-feira, dia 1º, para a sede da delegacia da Polícia Federal em Parnaíba o médico anestesista, Antônio Silva Machado. Ele estava no Hospital Nossa Senhora de Fátima durante a abordagem da PF.

Segundo informações preliminares chegadas ao Proparnaiba, Dr Machado (foto abaixo) estaria sendo acusado do crime de concussão ou seja realizando cobrança indevida por procedimentos já pagos pelo SUS - Sistema Único de Saúde.

O delegado federal, Albert, que responde pelo caso está ouvindo pessoas envolvidas com a acusação nesse momento, segundo fomos informados na sede da PF.

De acordo com o descrito no Código Penal, concussão é o ato de exigir para si ou para outrem, dinheiro ou vantagem em razão da função, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida. A pena é de reclusão, e vai de dois a oito anos. Há ainda a pena de multa, que é cumulativa com a de reclusão.


Anestesista é levado pela Polícia Federal por cobrança indevida

Fonte: blogdoyurigomes