Antes de ser baleada por ex, jovem liga e pede ajuda para amigo

Ex-namorada atirou em jovem e depois cometeu suicídio, diz polícia

A jovem Hanna Júlia, de 18 anos, ligou para o amigo Lucas Oliveira, de 19 anos, pedindo ajuda e depois enviou um mapa com a localização de onde ela estava pelo whatsApp pouco antes de ser atingida com um tiro na cabeça. Itamila de Souza, também de 18 anos, atirou contra Hanna e depois disparou contra a própria cabeçan dentro de um apartamentono Acre.

Hanna permanece na UTI do Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, em estado gravíssimo, de acordo com a direção da unidade. Já Itamila morreu antes de dar entrada na unidade de saúde.

"Ela [Hanna] me disse que era para eu esperá-la em um lanche que ela ia sair, mas voltava logo. Logo depois, ela já me ligou dizendo que estava presa em um quarto e me pedindo ajuda. Ela me passou a localização no WhatsApp e corri para lá depois de pegar um carro emprestado", conta o amigo do casal.

O estudante diz ainda que chegou a entrar no apartamento e teria tentado evitar o crime. Porém, ele foi ameaçado por Itamila. Após isso, Oliveira tentou acionar a polícia e chegou a voltar para o apartamento. Ele conta que sabia do relacionamento das duas, mas não imaginava o que Itamila pretendia fazer.

No enterro, amigos de Itamila,  informaram que as duas mantinham um relacionamento de alguns meses.

A delegada Carla Ívane, responsável pelo caso, explica que a polícia trabalha com a hipótese do crime ter sido premeditado. A arma usada no crime foi uma pistola bersa calibre 380.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do G1