Após 30 horas, ex-marido liberta jovem mantida refém no SE

Após 30 horas, ex-marido liberta jovem mantida refém no SE

Rapaz estaria inconformado com o fim do relacionamento de sete anos

A jovem de 21 anos que era mantida em cárcere privado pelo ex-marido, em Aracaju, foi libertada na tarde desta terça-feira (19). O crime começou no início da manhã de segunda-feira (18), quando o homem, de 24 anos, invadiu a casa, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe. O ex-marido estaria inconformado com o fim do relacionamento.

O delegado Fernando Melo disse que o rapaz decidiu se entregar. "Agora está tudo bem. Ele se entregou e liberou a refém sem ferimentos. Antes, ele tinha conversado bastante com a psicóloga. Em troca da liberação, ele tinha pedido apenas a garantia para a vida dele", afirmou.

De acordo com o delegado, o rapaz foi levado para avaliação médica e psiquiátrica. Ele recebeu um calmante e ficará em observação por pelo menos uma hora e meia, sob escolta da polícia. Depois, seguirá para o Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) para prestar depoimento.

A jovem foi para o Hospital Nestor Piva, em Aracaju, para cuidar de um ferimento na perna causado por um tiro disparado pelo ex-marido. Posteriormente, segundo o delegado, ela também vai para o Cope para ser ouvida.

"Foi usada uma estratégia psicológica para que ele se sensibilizasse com a família e com o filho que ele tem com a própria refém. Qualquer ação mais dramática que ele tomasse contra a ex-mulher poderia complicar ainda mais a vida dele. Se ele se entregasse, ainda teria uma chance de retomar a vida", disse o tenente Fábio Alcântara.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, o casal se relacionava há cerca de sete anos e tem um filho, de 5 anos, que estava na escola quando ela foi abordada pelo ex-marido. Eles estavam separados há 20 dias.

Fonte: g1, www.g1.com.br