Após acusar pastor de abuso sexual, garota é agredida com soco na boca

Inquérito policial será aberto para apurar as denúncias de abuso sexual

Acusação será investigada pela 5ª Delegacia Territorial

Reprodução TV Record Bahia

O pastor Simes Samuel da Silva, da Igreja Pentecostal de Paripe foi preso acusado de abusar sexualmente de várias moças da congregação, no Subúrbio de Salvador. A denúncia foi feita na 5ª Delegacia Territorial de Periperi por uma garota de 18 anos.


Após acusar pastor de abuso sexual, garota é agredida em Paripe

Segundo a mulher, desde os 16 anos ele tenta manter relações sexuais com ela. A jovem contou que foi agredida pelo pastor na fila de uma casa lotérica, em Paripe, com um soco na boca. Samuel negou o fato e disse que a garota queria que ele terminasse com a esposa pra ficar com ela. Como ele não aceitou a proposta, ela decidiu difamá-lo pelo bairro.

Um Termo Circunstancial foi feito por conta da agressão à garota, e segundo a polícia, um inquérito policial será aberto para apurar as denúncias de abuso sexual.

Fonte: r7