Após explosão, Extra diz que loja funcionará normalmente

Algumas cédulas de R$ 10 ficaram espalhadas pelo supermercado.

Por volta das 4h desta segunda-feira (03), cinco homens armados renderam funcionários e explodiram e roubaram dinheiro do Banco do Brasil no supermercado Extra, da avenida Presidente Kennedy, no bairro São Cristóvão, na zona Leste de Teresina. O supermercado utilizou uma placa para isolar o local e impedir a visibilidade do local.

Em nota, a empresa confirmou o ocorrido e afirmou que a explosão não prejudica o funcionamento da loja. "A rede confirma que houve uma explosão nos caixas eletrônicos alocados na loja localizada na Av. Presidente Kennedy, enquanto a unidade estava fechada. Tão logo o fato foi identificado, as autoridades foram imediatamente acionadas. Como os caixas eletrônicos ficam fora da área de vendas, a operação da unidade não foi afetada e a loja funciona normalmente nesta segunda-feira. A rede está contribuindo com as autoridades para a investigação do ocorrido", diz a nota.

Os peritos do Instituto de Criminalística, da Secretária de Segurança Pública do Piauí, foram até o local para fazer vistoria e produzir laudo sobre as condições que os caixas foram encontrados. Os caixas eletrônicos ficam ao lado das prateleiras do supermercado.

O alarme do supermercado ficou ligado até às 7h da manhã. Os caixas eletrônicos funcionam internamente. Os clientes que chegaram para utilizar os serviços do supermercado, foram informados do assalto e que haveria um atraso na abertura do estabelecimento.

Algumas cédulas de R$ 10 ficaram espalhadas pelo supermercado, juntamente com o equipamento utilizado para a explosão dos caixas.  De acordo com informações, após a ação, os criminosos saíram atirando do local. Uma equipe da Polícia Militar foi acionada e começou as diligências no sentido de capturar os acusados pelo crime.

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)


 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)



Fonte: Portal Meio Norte