Após fugir da cidade onde morava, homem levava vida de "casado" com enteada de 12 anos

Após fugir da cidade onde morava, homem levava vida de "casado" com enteada de 12 anos

Dupla fugiu da cidade onde moravam. Menina era procurada pela família havia cinco meses

Um homem de 36 anos, preso nesta terça-feira (23) em Candelária, a mais de 200 km de Porto Alegre (RS), vivia uma vida de "casado" com a enteada, de apenas 12 anos. Ele foi detido em flagrante por sequestro e cárcere privado. Em depoimento, ele afirmou aos policiais que os dois pretendiam se casar quando ela completasse 18 anos.

Eles haviam fugido de Canoas, na Grande Porto Alegre. A menina era tida como desaparecida havia cinco meses. Vizinhos estranharam o relacionamento dos dois e chamaram a polícia.

De acordo com a delegada Priscila Salgado, além da desconfiança dos vizinhos, o "casal" chegou à cidade sem documentos, o que teria dificultado o aluguel de uma casa. A foto da menina, dada como desaparecida, foi encontrada após uma busca na internet.

O homem trabalhava como segurança. De acordo com as informações da polícia, a menina era obrigada a ficar em casa por não ter documentos.

A adolescente voltou a Canoas, onde vai passar por tratamento psicológico. Segundo a delegada, o reencontro com familiares foi emocionante.

? O encontro dela com a família foi emocionante. Ela ficou feliz, estava com saudade da mãe, da irmã mais nova.

Fonte: r7