Após pedirem pizza por telefone, detentas fogem de cadeia pública

As presas pediram pizza porque se recusaram a comer o jantar.

Um grupo de nove detentas fugiu no fim de semana da cadeia pública de Santa Adélia, a 339 km de São Paulo, depois de pedir pizza pelo telefone. Eles aproveitaram o momento da entrega, quando a carcereira teve de abrir uma das celas, para render a funcionária e escapar. A carcereira foi amarrada, algemada e agredida, e precisou ser internada com ferimentos leves. As informações são do Bom Dia SP.

Segundo o delegado responsável, as presas pediram pizza porque se recusaram a comer o jantar. Após a fuga, outras presas que permaneceram na cadeia foram pedir ajuda na vizinhança. A cadeia tem capacidade para 24 pessoas, mas comportava, antes da fuga, 33 detentas. Até a manhã desta segunda-feira, duas haviam sido recapturadas. Todas as fugitivas, segundo a polícia, têm envolvimento com tráfico de drogas. O delegado informou que será aberta uma sindicância para apurar o caso.

Fonte: Terra