Após se negar a fazer sexo, rapaz mata empresário e leva pertences

Após se negar a fazer sexo, rapaz mata empresário e leva pertences

Alguns pertences da vítima foram recuperados na casa de um adolescente de 17 anos

O adolescente de 17 anos acusado de assassinar o empresário Luiz Antônio de Souza Santos, de 46 anos, com um tiro na cabeça, foi apreendido neste domingo (20), dentro de casa, no município de Inhambupe, distante 160 km de Salvador.

O garoto, que trabalha como mecânico, disse ter ido à casa de Luiz Antônio a pedido dele, para verificar um defeito no veículo do empresário. Depois de consertar o carro, os dois começaram a ingerir bebida alcoólica, quando o empresário teria convidado o garoto para manter relações sexuais, que negou o pedido e acabou efetuando um disparo na cabeça.

Os dois se conheceram seis meses antes, num evento que reuniu proprietários de sons automotivos, realizado na cidade, e desde então o autor prestava serviços ao empresário.

Alguns pertences da vítima foram recuperados na casa do adolescente que confessou o crime em depoimento na DT (Delegacia Territorial) Inhambupe. Ele também indicou o paradeiro de um aparelho responsável pelo armazenamento das imagens gravadas pelo circuito de segurança da casa do empresário, abandonado num matagal próximo ao terminal rodoviário da cidade.

A arma utilizada no crime, um revólver de calibre 32, ainda não foi recuperado. O garoto disse ter sido emprestada e que já havia devolvido a arma ao dono. A polícia não acredita na versão apresentada pelo adolescente, que chegou a postar um foto do revólver, numa rede social, dois dias antes do crime.

O adolescente já foi encaminhado ao Ministério Público para adoção de medidas socioeducativas.

Fonte: r7