Após seis horas, adolescente liberta reféns em creche de SP

A creche atende diariamente 240 crianças com até 12 anos idade

 Mais de seis horas após invadir uma creche em Santos (litoral de São Paulo), o adolescente de 17 anos que mantinha a ex-namorada e mais duas pessoas reféns na instituição se entregou. Segundo a Polícia Militar da cidade, os reféns foram soltos por volta das 16h30 desta segunda-feira. Ninguém se feriu.

Ainda de acordo com a PM, o rapaz --que completa 18 anos no próximo domingo (22)-- invadiu a instituição armado com uma faca por volta das 10h. Inicialmente, a assessoria da PM em São Paulo disse ter informações sobre cinco pessoas mantidas reféns, porém, a informação não foi confirmada pela polícia local.

Uma das vítimas seria ex-namorada do rapaz e trabalha na creche. Segundo a Polícia Militar em Santos, todas as crianças atendidas na instituição foram liberadas assim que o local foi invadido.

A creche --localizada na rua Almirante Tamandaré-- ficou cercada pela polícia desde o início do sequestro. Segundo a Prefeitura de Santos, a creche atende diariamente 240 crianças com até 12 anos idade. A negociação foi feita por policiais do 6º BPM e por policiais militares do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais). O rapaz se entregou após a chegada de um promotor da Infância e Juventude. O rapaz foi detido e, por ser menor de idade, foi encaminhado à Delegacia da Infância e da Juventude de Santos.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br