Após ser torturado, padre é morto com facada no pescoço no Paraná

Suspeito de 21 anos foi preso

O padre Auci Ribeiro Lucas, de 45 anos, foi encontrado morto com um corte profundo no pescoço e sinais de tortura dentro de casa, na cidade de Matinhos, litoral do Paraná. O sacerdote estava desaparecido desde domingo (1º). De acordo com a Polícia Civil, ele teria sido assassinado entre os dias 1º e 2 de maio. 

A família registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento e foi até a casa da vítima para ver se encontrava alguma pista que ajudasse a descobrir seu paradeiro.

Quando os familiares chegaram na casa, encontraram o corpo de Lucas com sinais de tortura, um corte profundo no pescoço e em avançado estado de decomposição.

Segundo a polícia, a vítima foi morta com um golpe lateral provocada por objeto cortante. Porém, ainda não se sabe que arma foi usava no crime.

Um suspeito de 21 anos foi preso no litoral do Paraná com o carro da vítima. Ele teria confessado o crime. A polícia segue uma linha de investigação e o inquérito foi instaurado. Mais detalhes não foram divulgados para não atrapalhar asinvestigações.


Image title

Fonte: Com informações do R7