Após sobreviver ao quinto acidente, homem diz que 'acha bom' por conta do DPVAT

O filho de Raimundo, Raí Nascimento, afirma que o pai estava embriagado.


Um homem identificado como Raimundo Camelo do Nascimento, morador do bairro Fonte dos Matos, em Piripiri, a 164 km de Teresina, já sofreu cinco acidentes de trânsito, saindo de todos praticamente sem vida, como o que houve no último dia 22 de fevereiro, na estrada do Caldeirão.

Raimundo sofreu uma pancada na cabeça e foi levado para o Pronto-Socorro do H. R. Chagas Rodrigues e depois encaminhado ao HUT. Ele encontra-se em Piripiri há alguns dias e, como uma de suas primeiras providências, mandou consertar a sua moto. Ainda em estado de recuperação, ele já segue pilotando o veículo.

O  filho de Raimundo, Raí Nascimento, afirma que o pai estava embriagado. "Ele se embriaga todos os dias, começando logo pela manhã". Raimundo contou para o filho que sofre constantes acidentes, porque gosta de receber o seguro DPVAT.

"Ele falou na minha cara que acha é bom porque recebe o seguro DPVAT. Ele já recebeu dois", disse. Raí conta que já tentou muitas combater as atitudes do pai, porém não adiantou.

"Eu já fiz de tudo. Já tomei a moto. Já chamei a polícia para tomar. Ele não tem jeito. Não ouve a família e é triste ver esta situação. Uma hora ele sofre outro acidente por aí e não vai ter a mesma sorte", declarou.

Ainda segundo Raí, o pai não trabalha e usa o dinheiro da pensão que recebe da morte de sua mãe, que faleceu vítima de câncer de mama.

Fonte: Piripirireporter