Após vídeo na internet, polícia investiga suposto estupro

A delegada informou ainda que já identificou os quatro suspeitos nas imagens e que todos serão intimados

A delegada Bianca Braile, da Delegacia de Proteção à Mulher em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte, abriu inquérito para apurar a divulgação de um vídeo na internet em que uma estudante de 15 anos estaria sendo supostamente estuprada por quatro homens, dois deles adolescentes e dois adultos.

A delegada informou, por meio da assessoria de comunicação da corporação, que as imagens mostram a jovem mantendo relações sexuais com o grupo, no mês passado. A divulgação em uma rede social teria acontecido no início desta semana, mas o vídeo já foi excluído pelo usuário.

A adolescente contou em depoimento que teria tomado uma bebida na casa de um dos suspeitos e a partir deste momento não se lembra de mais nada. A jovem passou por exames para tentar confirmar se houve o estupro ou sexo consensual e a ingestão de alguma substância. O vídeo também já foi encaminhado para perícia no Instituto de Criminalística.

A delegada informou ainda que já identificou os quatro suspeitos nas imagens e que todos serão intimados para prestar depoimento na próxima semana. A estudante deixou de ir à escola desde que as imagens foram divulgadas.

Fonte: Terra