Apreendida arma que derruba helicoptero no Rio de Janeiro

Doze pessoas morreram no sábado (17), entre elas, dois policiais que estavam no helicópetro

Numa operação realizada na manhã desta segunda-feira (19), policiais militares do 20º BPM (Mesquita) apreenderam entre outras armas, um rifle ponto 30 que pode ter sido usado para derrubar um helicóptero da PM, no tiroteio de sábado (17), no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio.

Segundo o comandante do batalhão, tenente-coronel Ivanir Linhares, o material teria sido transferido por traficantes na madrugada desta segunda-feira (19), da favela do Jacarezinho, no subúrbio do Rio, para a favela da Chatuba, em Mesquita, na Baixada Fluminense.

Doze pessoas morreram no sábado (17), entre elas, dois policiais que estavam no helicópetro. Outras duas pessoas morreram durante operação no Jacarezinho no domingo (18), e dois corpos foram achados no Morro São João.

Segundo o comandante, foram apreendidos também, um fuzil 762, uma submetralhadora URU, duas espingardas calibre 12, uma granada, coletes a prova de balas, além de sete uniformes pretos semelhantes aos usados pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Policiais também encontraram grande quantidade de cocaína e maconha. Os policiais receberam informações da transferência das armas do setor de inteligência do próprio batalhão. Ninguém foi preso.

O material foi levado para o Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) da Chatuba.

Fonte: g1, www.g1.com.br