Apreendidas notas de contabilidade do tráfico no Rio

Polícia apreendeu grande quantidade de armas e drogas desde o início das operações

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC) aprenderam nesta sexta-feira, na rua Sete, na Vila Cruzeiro, na Penha, zona norte do Rio de Janeiro, grande quantidade de munição, drogas e cadernos contendo a contabilidade do tráfico.

De acordo com a polícia, na casa de Luiz Fernando Nascimento Ferreira, conhecido como Bacalhau, foram apreendidas munições de calibres 762, 556 e .30, usadas em armas de grosso calibre. Aproximadamente 500 g de maconha, um notebook e diversos cadernos contendo anotações sobre as contas do tráfico também foram apreendidos no local.

Violência no Rio

O Complexo do Alemão está ocupado pelas forças de segurança desde o dia 28 de novembro. A tomada do local aconteceu praticamente sem resistência numa ação conjunta da Polícia Militar, Civil, Federal e Forças Armadas. A polícia investiga uma possível fuga de traficantes pela tubulação de esgoto do Alemão antes dos policiais subirem o morro.



Na quinta, 25 de novembro, a polícia assumiu o comando da Vila Cruzeiro, na Penha. Ambos dominados, até então, pela facção criminosa Comando Vermelho. As ações foram uma resposta do Estado a uma série de ataques, que começou na tarde do dia 21 de novembro. Em uma semana, pelo menos 39 pessoas morreram e mais de 180 veículos foram incendiados por criminosos nas ruas do Rio de Janeiro.

Fonte: Terra, www.terra.com.br