James: "Não podemos prever o que PF vai dizer"

James: "Não podemos prever o que PF vai dizer"

Sobre as investigações que serão comandadas pela Polícia Federal, os delegados se colocaram à disposição

Os delegados da Cico Paulo Nogueira e James Guerra falaram ao meionorte.com nesta sexta-feira(28), sobre o sentimento que ficou marcado na população após a divulgação da conclusão do inquérito que não apontou homicídio ou suicídio e também não indiciou culpados no caso Fernanda Lages.

" Nós percebemos o sentimento da população, mas todos devem entender que nosso trabalho foi feito com paciência e tranquilidade. Acreditamos que logo a população irá entender a nossa cautela na ação e esse quadro será revertido", afirmou James Guerra.

Sobre as investigações que serão comandadas pela Polícia Federal, os delegados da Cico se colocaram à disposição para colaborar com as investigações. " Que seja aproveitado ou não o inquérito feito pela Polícia Civil, vai depender da Polícia Federal e estaremos unidos para a elucidação do caso. Acreditamos em uma isenção maior por causa do distanciamento e da forma de trabalhar da Polícia Federal. Não podemos prever o que será dito nessa nova fase da investigação", declarou Guerra.

James e Paulo Nogueira disseram que um dos peritos de Brasília teria declarado que o local do crime foi alterado e provas desapareceram, de acordo com informações dos promotores Eliardo Cabral e Ubiraci. " Esperamos que esse profissional em perícia criminal, prove e conclua sobre essas alterações na qual se refere", enfatizou James.

O delegado Paulo Nogueira, que presidiu o inquérito antes de sair das investigações, pediu à sociedade um voto de confiança para a Polícia Federal e admitiu que durante o seu trabalho, apareceram suspeitos, inclusive, com possibilidades de desvendamento, mas que não se confirmaram de acordo com o que foi apurado.

Os delegados também mencionaram sobre a denúncia do promotor Eliardo Cabral, de que estava sendo grampeado pela polícia. James Guerra negou e convidou promotores para fazer auditorias que não iriam encontrar prova alguma.

FOTOS: EFRÉM RIBEIRO


Aproveitamento do inquérito vai depender da Polícia Federal, diz James

Aproveitamento do inquérito vai depender da Polícia Federal, diz James

Fonte: Marcos Moraes