Artesão é morto a facadas após discussão com amigos em uma praça

Ele foi assassinado em plena Praça Antenor Neiva, em Picos.

Um homem identificado como Antônio Camilo de Oliveira, de 59 anos,  mais conhecido como “Buchinho”, de 59 anos, foi assassinado a facadas em plena Praça Antenor Neiva, em frente ao Hospital Regional Justino Luz, na cidade de Picos, a cerca de 310 km de Teresina.

O sobrinho da vítima, o funcionário público Reginaldo Oliveira, conta que seu tio estava participando de uma 'bebedeira' na companhia de amigos quando teve início um desentendimento e ele acabou sendo atingido a golpes de faca. “Não foi ouvido ninguém ainda, mas tem um suspeito. Eles estavam bebendo, houve alguma discussão que levou a esse assassinato”, afirmou. 

Buchinho” trabalhava como artesão. Ele confeccionava e vendia cochos e bacias feitos a base de pneus velhos. O mesmo residia na comunidade Quilombo, no bairro Morada do Sol. Ele foi sepultado no Cemitério São Pedro de Alcântara no final da tarde deste domingo.

Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 00h00 de domingo, dia 27 de março. O caso segue sob investigação da Delegacia de Polícia Civil de Picos. 

Velório do artesão morto a facadas em  Picos
Velório do artesão morto a facadas em Picos



Fonte: Portal Meio Norte