Assaltante engole joias e passa por cirurgia em Pernambuco

Segundo informações do hospital, foram retirados dois anéis, uma corrente e um cordão de ouro

Um dos criminosos envolvidos no roubo a moradores de um prédio na Praia de Piedade, na última quarta-feira (26), precisou ser levado ao Hospital Miguel Arraes, no Recife, após se queixar de um mal estar. Examinado, os médicos constataram que ele tinha engolido as joias. O rapaz, de 26 anos, estava preso no Centro de Triagem de Abreu e Lima (Cotel), quando precisou ser transferido para o hospital, neste domingo (30). Ele foi internado e as peças foram retiradas durante um procedimento cirúrgico na tarde desta segunda-feira (31).

Segundo informações do hospital, foram retirados dois anéis, uma corrente e um cordão de ouro. O procedimento foi demorado por conta da dificuldades dos médicos em localizar o ponto exato onde as joias estavam. Uma delas se alojou próximo ao esôfago. O assaltante segue internado e, assim que receber alta, vai voltar para a carceragem do Cotel.

O paciente é um dos dois suspeitos de um assalto que aparece no vídeo feito por um cinegrafista amador. As imagens mostram o momento em que três policiais militares levam um dos criminosos até a areia. Algemado, ele foi derrubado por um policial. Em outra imagem, o outro suspeito também foi levado para a praia e acaba derrubado na água. Um policial segura com os pés a cabeça do suspeito na água.

A Corregedoria da Secretaria de Defesa Social (SDS) abriu sindicância para apurar a ação policial durante a prisão dos dois suspeitos de invadir o prédio.

O assalto

Segundo a polícia, os dois invadiram o prédio, renderam o porteiro e subiram para entrar em um apartamento, mas não conseguiram. Em seguida, desceram para a garagem e arrombaram um carro. Nesse momento, uma moradora apareceu na garagem e foi feita refém. Eles foram até o apartamento dela, onde estavam a filha e o marido, e tentaram roubar objetos do imóvel, mas a polícia cercou o local.

Ao serem flagrados, os criminosos pularam pela varanda e se esconderam entre as pedras de contenção do mar. Eles foram encontrados com um facão. O revólver que teria sido usado pela dupla teria sido jogado no mar, segundo a polícia.







Fonte: g1, www.g1.com.br