Assaltantes de carro forte no Ceará fogem para o Piauí

A quadrilha teria fugido para o Interior do Piauí, através da cidade de Cocal

Uma semana depois do ataque de uma quadrilha a um carro-forte, a morte de um vigilante e o roubo de cerca de R$ 1,3 milhão, a Polícia cearense ainda não tem pistas concretas dos criminosos. O grupo agiu na última sexta-feira, entre as cidades de Uruoca e Martinópole, na Região Norte do Estado, e teria fugido para o Interior do Piauí, através da cidade de Cocal, na divisa dos dois Estados.

O comandante do 3º BPM (Sobral), tenente-coronel Gilvandro Oliveira, informou que as buscas aos criminosos não cessou desde o dia do crime. Policiais de Inteligência e das forças especiais (Cotam, Getam e FTA) estão empenhados nas buscas aos ladrões.

Carro

No dia seguinte ao assalto, a Polícia contou com a ajuda de um helicóptero da Coordenadoria Integradas de Operações Aéreas (Ciopaer) e, durante um voo de busca na região, acabou localizando um dos três veículos utilizados pelos criminosos para interceptar o carro-forte da empresa Corpvs na CE-362, que liga Uruoca a Martinópole.

Tratava-se de um Gol vermelho que os criminosos adaptaram para o assalto.



Na parte traseira do veículo, os assaltantes colocaram barras de madeira no interior do bagageiro para dar mais robustez na hora do tiroteio com os vigilantes ou em fuga com perseguição policial. Muita munição para fuzil, de calibres 7.62 e 5.56 foi encontrada pelos policiais dentro do carro. Também havia marcas de sangue que, para a Polícia, são indícios de que algum dos assaltantes tenha ficado ferido durante o ataque.

A Polícia não descarta a hipótese de o assalto ter sido praticado por uma quadrilha que já vinha agindo no Interior do Piauí. São bandidos de altíssima periculosidade e que dispunham até de nitroglicerina e bananas de dinamite para explodir o carro forte caso os vigilantes decidissem não abrir as portas do blindado. No tiroteio, os ladrões mataram com um tiro de fuzil na cabeça o vigilante João Batista Souza Coelho.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br