Assassinato de professor continua misterioso em Fortaleza, no CE

Morte de professor ainda é mistério em Fortaleza


Image title

O professor Alexandre Moraes foi visto com vida, pela última vez, no período da noite, em um restaurante na praia do Icaraí, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Naquele domingo, Alexandre Moreira de Moraes foi atingido por oito tiros, sendo cinco na cabeça, disparados por dois homens que chegaram ao local em uma motocicleta, segundo testemunhas.

Um ano após o homicídio, o crime permanece envolto em mistério. Os executores do professor não foram presos ou indiciados. Sequer foram identificados. E o inquérito, que havia sido enviado ao Ministério Público, será reenviado para que a Polícia Civil faça novas diligências. Alexandre era coordenador noturno do Curso de Engenharia de Teleinformática da Universidade Federal do Ceará (UFC) e Professor Assistente III da mesma instituição.

Os familiares do professor relatam incredulidade e indignação com a lentidão registrada na apuração do crime. "O que realmente aconteceu? Por quê a Polícia não se empenhou no caso? É algo que ainda dói muito na gente", lamentou uma parente do professor, que pediu para não ser identificada.

Fonte: Diário do Nordeste