Assassino de ex-mulher  explica crime: “foi excesso de amor”

Assassino de ex-mulher explica crime: “foi excesso de amor”

Alexandre da Silva Borges botou corpo em carrinho de obras e enterrou em favela

Alexandre da Silva Borges, de 37 anos, confessou à polícia que matou a ex-mulher Valesca Lima de Cordeiro, de 27 anos, por não se conformar com o fim do relacionamento. Na delegacia, em entrevista à reportagem da Record, o homem chorou ao tentar explicar o crime.

? Foi excesso de amor, misturado com estupidez, burrice, falta de Deus.

A mulher de 27 anos tinha acabado de descobrir que estava grávida do atual namorado. Ela levou um tiro no peito dentro de casa, no bairro de Campinho, na zona norte do Rio.

Fonte: r7