Assassino do jornalista Décio Sá enviou áudio da morte ao Sindicato dos Jornalistas

Assassino do jornalista Décio Sá enviou áudio da morte ao Sindicato dos Jornalistas

O jornalista foi execuado há um mês e até agora a polícia ainda não esclareceu o crime.

O Sindicato dos Jornalistas do Maranhão recebeu uma fita com a gravação dos tiros disparadas durante a execução do jornalista Décio Sá, em 23 de abril, num restaurante na Avenida Litorânea, em São Luís (MA).

O presidente do sindicato, Leonardo Monteiro informou que a gravação foi realizada pelo assassino de Décio, que poucos minutos depois do crime teria ligado para ele. No aúdio ainda ouve-se o que seria os últimos suspiros de Décio Sá.

A gravação foi encaminhada à polícia que está fazendo a perícia e considera mais fácil localizar de onde partiu o telefonema. O jornalista foi execuado há um mês e até agora a polícia ainda não esclareceu o crime.

Fonte: Claúdio Humberto