Assessor da primeira-dama de SP é morto com tiro durante assalto

Roberval além de assessor era funcionário da CPTM

O assessor da primeira dama de São Paulo, Roberval Andrade Nucci, de 49 anos, foi morto com um tiro na cabeça durante uma tentativa de assalto por volta das 6h20 da manhã desta quarta-feira (7), na Vila Romana, Lapa, zona oeste da cidade de São Paulo.

Roberval além de assessor era funcionário da CPTM. A Polícia Civil informou que investiga o caso. 

Assessor da primeira-dama de SP é morto com tiro durante assalto (Crédito: Reprodução)
Assessor da primeira-dama de SP é morto com tiro durante assalto (Crédito: Reprodução)


De acordo com informações da mulher da vítima, o casal estava a caminho de uma viagem de 25 dias ao Chile quando foi abordado por dois homens em uma moto. Os suspeitos queriam levar a moto de Nucci, que teria pedido para que a dupla não atirasse.

Três viaturas do Corpo de Bombeiros chegaram a ser acionadas para a ocorrência, mas o assessor não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Os criminosos fugiram sem levar nada. A moto do casal é avaliada em R$ 60 mil. 

O caso foi encaminhado ao 91º Distrito Policial do Ceasa onde será registrado. Posteriormente será transferido para o 7º Distrito Policial da Lapa onde deve ser investigado em conjunto com a 3ª Seccional.

Fonte: Com informações do R7