Assista vídeo do momento em que taxista tenta correr para se salvar e é executado

Taxista tentou correr, mas caiu

A Polícia Militar prendeu os dois acusados de assassinar o taxista Carlos Alberto de Sousa, na manhã desta sexta-feira (29) com dois tiros na cabeça, no centro de Teresina.

Apenas um dos acusados foi identificando, como sendo Erickles Ferreira da Silva, de 22 anos. Segundo o presidente da cooperativa dos taxistas, Pedro Santos, foi feita uma vistoria na Central de Flagrantes e viu que o acusado não está lá, já que foi levado para atendimento médico no HUT  (Hospital de Urgência de Teresina) após ter sido agredido a facadas por um dos taxistas.

Pedro Santos diz que Erikles confessou o crime e é o mesmo que matou o taxista na Santa Maria da Codipi. Ele estava preso e foi libertado há três dias.

O acusado estava dentro do táxi da vítima quando o carro estancou o taxista correu, mas pouco depois tropeçou e caiu. Nesse momento os acusados correram atrás do taxista e atiraram na vítima.


Veja o vídeo

Fonte: Maura Duarte