Atendente cobra R$ 50 a mais e é morto por cliente dentro de motel

Vítima, segundo informações, seria acsado com a dona do motel.

Um homem ainda não identificado, de aproximadamente 26 anos, foi assassinado a tiros na recepção de um motel onde trabalhava, em Porto Velho, no estado de Rondônia. De acordo com informações da Polícia Civil, um homem em uma moto já chegou ao local realizando vários disparos.

Segundo informações da Delegacia de Homicídios de Porto Velho, o autor dos disparos, que trabalha como caminhoneiro e foi capturado, utilizou um cartão de crédito para fazer o pagamento, mas houve um problema e a máquina acabou não funcionando. O valor a ser cobrado seria R$ 100,00, mas, segundo a polícia, foi debitado R$ 150,00.

O Sargento PM Gusmão, da Delegacia de Homicídios, informou que os 50 reais cobrados a mais serviram como motivação do crime. "Esse valor cobrado a mais teria sido o motivo do homicídio", afirmou para à imprensa. 

Um agente policial, que preferiu não se identificar, disse que o acusado iria matar uma mulher, mas o  homem entrou no meio e acabou sendo atingido. "Há rumores de que ele (suspeito) teria ido matar a mulher, mas o rapaz tomou a frente e acabou assassinado", declarou. 

O atendente foi atingido com tiros na cabeça, no braço e na mão. Ainda segundo informações, ele seria casado com a proprietária do motel, que não teve o nome divulgado. O caso segue sob investigação da polícia. 

Local onde o atendente foi assassinado
Local onde o atendente foi assassinado





Fonte: Com informações do G1