Atirador mata duas pessoas em lan house

Vítimas não tiveram tempo de reagir e caíram mortos no chão

A Polícia Civil de Araçatuba, município localizado a cerca de 540 km de São Paulo, procura um homem que entrou atirando em uma lan house, matou duas pessoas, feriu uma terceira e fugiu. Segundo o boletim de ocorrência, o crime aconteceu por volta das 21h de quinta-feira, quando o atirador entrou no estabelecimento, que fica na avenida Prestes Maia, uma das importantes da cidade.

Segurando um capacete de motociclista numa das mãos e um revólver na outra, o sujeito atirou na nuca do estudante de Bruno Ricardo da Silva, 19 anos, e em seguida disparou contra Fábio Julio Batista, 21 anos. Os dois morreram na hora. Testemunhas disseram à polícia que os garotos não tiveram tempo de reagir e caíram mortos no chão da lan house. Outro jovem, identificado por Jefferson, tentou se esconder no banheiro, mas mesmo assim levou um tiro no braço.

No momento do crime, segundo um dos policiais militares que atenderam a ocorrência, havia oito pessoas no estabelecimento - uma jovem desmaiou e os outros correram para fora ou se deitaram no chão.

"Foi muito rápido, não durou nem um minuto. Ele entrou e foi direto na cadeira onde estava o menino e atirou na nuca dele e depois ficou atirando, mas não vi mais nada porque me deitei no chão e rezei. Achei que fosse todo mundo morrer", disse uma jovem que estava na lan house e não quis ser identificada.

Depois de atirar, o desconhecido fugiu a pé por uma rua lateral. A PM cercou a região na tentativa de localizá-lo. O caso é investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG), cujos delegados estão analisando as imagens do crime que foram captadas pelas câmeras de segurança da lan house. A suspeita é de que o crime esteja relacionado com um possível acerto de contas.

Fonte: Terra, www.terra.com.br