Atirador que matou 9 pessoas nos Estados Unidos tirou própria vida

Christopher Mercer, 26, assassinou 9 pessoas

A causa da morte do atirador que assassinou seu professor de inglês e mais oito pessoas em uma faculdade em Oregon, nos Estados Unidos, foi suicídio, afirmou neste sábado o xerife do condado de Douglas, John Hanlin.

Acreditava-se que Christopher Harper-Mercer, de 26 anos, tinha sido morto pela polícia. Mas, dois dias após o massacre, John Hanlin revelou, em entrevista coletiva, que a autópsia apontou que o jovem se matou.

De acordo com o relato de sobreviventes, o atirador invadiu a sala da sua aula de introdução à redação para disparar contra o professor à queima-roupa e, depois, começar a escolher outras vítimas.

Image title

Fonte: G1