Ativistas seminuas são presas em protesto contra turismo sexual

Ativistas seminuas são presas em protesto contra turismo sexual

Mulheres causam confusão e são retiradas de dentro do hotel por policiais.

Um protesto feito por duas mulheres de topless contra turismo e exploração sexual provocou uma confusão na manhã desta quinta-feira (22), dentro do Hotel Copacabana Palace, na zona sul do Rio. As ativistas do Femen Brazil acabaram detidas.

As manifestantes gritavam e estavam com cartazes com os dizeres: ?Turistas sexuais, vão embora?. No corpo, elas escreveram em inglês "go away", ou seja, vão embora.

As mulheres foram retiradas de dentro do estabelecimento por policiais militares e levadas para a Delegacia de Copacabana (12ª DP).

O Femen é um movimento que nasceu na Ucrânia em 2008, mas já se espalhou para outros países. O objetivo da organização é por fim as práticas como turismo sexual, exploração sexual de adultos e crianças e sexismo.

Fonte: R7, www.r7.com