Ator confessa prática de pedofilia na internet e é preso

O homem foi flagrado, a partir da identificação de seu protocolo de internet (IP), compartilhando arquivos de pornografia infantil

Um ator de 32 anos, residente em Salvador (BA), foi indiciado pelo Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA) por crime de pedofilia praticado na internet. O acusado confessou o crime e está preso no Presídio de Salvador.

Segundo a denúncia, ajuizada na terça-feira pelo procurador da República André Luiz Batista Neve, o ator participava de uma rede de compartilhamento de fotos e vídeos de pornografia infantil, e armazenava em seu computador arquivos de conteúdo ilícito.

O homem foi flagrado, a partir da identificação de seu protocolo de internet (IP), compartilhando arquivos de pornografia infantil em janeiro deste ano. No dia 26 de junho, foi cumprido mandado de busca e apreensão na residência do ator, e a perícia identificou os arquivos ilícitos sendo compartilhados diretamente do computador instalado no quarto do réu.

Ele revelou que armazenava e trocava, através da rede, fotos e vídeos que exibiam nudez de crianças e adolescentes.

O MPF-BA requer a condenação do réu às penas previstas no artigo 241-A e 241-B, do Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei nº 8.069/90, combinado com o artigo 71, do Código Penal.

Em dezembro de 2011 e em fevereiro deste ano, a mesma rede já havia sido investigada pela Polícia Federal do Rio Grande do Sul, que identificou 97 usuários estrangeiros e 63 brasileiros, sendo pelos menos dois deles de Salvador. A descoberta deu origem a inquérito policial na Bahia, de acordo com desmembramento da ação determinado pela Justiça Federal gaúcha.

Fonte: Terra