Auxiliar de serviços gerais mata marido a facadas

Mulher foi presa e confessou o crime

Uma discussão de casal acabou em tragédia na comunidade Cidade de Deus, que conta com uma Unidade de Polícia Pacificadora, na zona oeste do Rio, na madrugada deste domingo (5). Uma mulher matou o marido a facadas e confessou o crime na delegacia.

Segundo testemunhas ouvidas pela polícia, um jovem de 21 anos - que trabalhava num ferro velho da região - partiu para a agressão durante uma briga com a mulher, uma auxiliar de serviços gerais. Ela, então, pegou uma faca para se defender. O rapaz foi atingido na barriga e morreu hoaras depois no hospital.

A auxiliar de serviços gerais foi presa e confessou o crime, alegando legítima defesa.

Segundo familiares da auxiliar de serviços gerais, as agressões eram constantes já que o jovem bebia muito. Mesmo assim, ela nunca procurou a delegacia da mulher.

Fonte: R7, www.r7.com