Babá permite que marido abuse de menina de 3 anos e é presa em MT

Criança era abusada na casa da babá enquanto mãe trabalhava

Uma babá e o marido dela foram presos suspeitos de terem abusado sexualmente de uma criança de 3 anos na cidade de Campo Novo do Parecis, a 397 km de Cuiabá. As investigações começaram há quatro meses, depois que a mãe da vítima procurou a polícia dizendo que a menina apresentava um comportamento 'sexualizado'. O marido, de 40 anos, e a babá, de 50, negaram o crime.

A Polícia Civil descobriu que a criança foi abusada na casa da babá. O homem, que trabalhava como operário em uma usina de cana, abusava da menina e a mulher era conivente da situação. A menina passava o dia na casa da babá, enquanto a mãe trabalhava. A babá cuidou da criança por cinco meses: no período de agosto de 2015 até final do mês de janeiro de 2016.

A menina passou por atendimento psicológico na cidade depois que a família percebeu o comportamento estranho. Durante a conversa ela relatou aos psicólogos que o 'tio' – marido da babá – tocava nas partes íntimas dela e sentava no colo do suspeito sem as roupas. Além disso a criança reclamou de ardência nas partes genitais.

A menina passou por exames, porém, o laudo que indicaria uma violência sexual foi inconclusivo. O delegado responsável pelo caso, Adil Pinheiro de Paula, explicou que mesmo assim isso não afasta a possibilidade de um ato libidinoso contra a criança.

O casal teve a prisão preventiva por estupro de vulnerável decretada pela Justiça de Mato Grosso. Durante depoimento na delegacia, o casal afirmou que cuidava da criança 'como se fosse uma filha' e negou qualquer tipo de abuso sexual. Contudo, para o delegado, há contradição nos depoimentos da babá e do marido.

Image title

Fonte: Com informações do G1