Bala perdida mata menino de 11 anos no Paraná

Bala perdida mata menino de 11 anos no Paraná

Menino foi atingido na porta de casa em Florestópolis, norte do estado

Uma bala perdida matou Bruno Lidoíno, de 11 anos, em Florestópolis, norte do Paraná, nesta sexta-feira (3). O menino estava na porta de sua casa, de saída para ir a uma padaria da cidade, de apenas 12 mil habitantes.

O artefato que atingiu o menino teria partido de uma briga entre três homens num acerto de contas. A polícia prendeu dois suspeitos de participarem do tiroteio. Eles deram entrada no hospital municipal da cidade. Um foi baleado nas costas. O outro, de raspão na cabeça. Mas ambos tiveram de ser transferidos para outra cidade por temor de linchamento. A polícia procura o terceiro suspeito para contribuir nas investigações de onde partiu a bala que matou o garoto.

Seu Edir Lidoíno, avô do menino, está inconsolável.

- É de cortar o coração. Aconteceu um bangue-bangue aqui, um querendo matar o outro. E acabaram matando um neto de um cidadão de bem.

O crime chocou a cidadezinha, que fica a 80 km de Londrina, no norte do Paraná. Florestópolis conta apenas com dois policiais militares para a patrulha, o que também é alvo de críticas dos moradores.

Fonte: R7, www.r7.com