Bandidos jogam pedras em carros para assaltarem; veja

Bandidos jogam pedras em carros para assaltarem; veja

Coronel Alberto afirmou à Rede Meio Norte que o policiamento está sendo reforçado

No último sábado, 3, por volta das 23h, o jovem Marcus Vinícius levou um grande susto quando passava debaixo do viaduto da Avenida Higino Cunha, na zona Sul de Teresina: uma pedra foi arremessada em seu carro.

Essa tem sido a mais nova modalidade adotada para a prática de assaltos em alguns trechos da capital. ?Eu não sabia o que era, até pensei que fosse um tiro. Na hora eu ouvi apenas um enorme barulho, acelerei e fui embora. Quando eu estava mais calmo fui olhar e vi que o carro estava cheio de cacos de vidro do lado do passageiro.?

O motorista é músico e estava fazendo uma apresentação em um casamento. Ele afirma que a pedra passou entre os seus braços e que não se deu conta. ?A pedra bateu do lado do passageiro e passou no meio dos meus braços, eu não vi, ela bateu na minha porta. Eu acho que foi alguém porque eu já vi outros casos?, descreve.











Notadamente se a pedra tivesse atingido o motorista, as consequências seriam outras. Depois de relatar o caso nas redes sociais, Marcus Vinícius encontrou outras seis pessoas que passaram pelo mesmo problema.

Outra vítima, de nome Raquel Lima, foi atingida por uma pedra de 5 Kg. Seu carro ficou bastante avariado. O parabrisa quebrou e por pouco ela não foi atingida.

O jornalista Hérlon Moraes também foi vítima da ação criminosa: "Atenção, uma quadrilha está agindo no viaduto da Higino Cunha. Eles jogam pedras nos carros e quem para é assaltado. Olha ai o que fizeram comigo"", relatou ele em seu Facebook.



Segundo relatos das vítimas, os criminosos ficam em cima da passarela da Avenida Higino Cunha para os arremesses. O objetivo, segundo a polícia, é fazer com que o motorista pare para efetuarem o assalto.

Os pedestres têm sido alvo dos criminosos. "Eu tenho muito medo de passar aqui. Eu tenho medo de ser assaltada. Eles levam tudo, bolsa, celulares. Eu não trago nada comigo.

Os bandidos que atuam na região já depredaram salas e um posto de gasolina que foi desativado, tudo isso acontece a poucos metros do Quartel do Comando Geral da Polícia.

Em entrevista à Rede Meio Norte, o coronel Alberto afirmou que ?o policiamento está sendo reforçado no local e que nos casos flagrados, o infrator será punido sem dúvida.?

Fonte: Denison Duarte