Bandidos assaltam carro-forte no sertão de PE e levam R$ 2 milhões

Bandidos assaltam carro-forte no sertão de PE e levam R$ 2 milhões

Polícia realiza buscas na região para tentar capturar os suspeitos

Na tarde desta quinta-feira (17), criminosos assaltaram um carro-forte que trafegava pela BR-316, próximo à localidade de Alto do Engenheiro, distante 22 quilômetros do centro de Ouricuri, Sertão pernambucano. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo foi ultrapassado por outro carro com cerca de quatro homens armados.

O carro-forte foi abordado por volta das 14h30. Durante a ação, os dois pneus dianteiros foram estourados e os vigilantes responsáveis pela segurança do carro-forte desembarcaram e conseguiram fugir.

De acordo com o relato dos vigilantes, aconteceram três explosões e os criminosos deixaram o local levando cerca de R$ 2 milhões, além de duas espingardas calibre 12 e um revólver calibre 38. Os seguranças relataram à polícia a suspeita de que, antes da ação, o carro-forte estaria sendo seguido por uma caminhonete, mas eles não têm certeza se o veículo estava mesmo envolvido no assalto.

Segundo informações da Delegacia de Parnamirim, uma policial militar que vinha do Recife com a família com destino a Ouricuri passava pelo local e viu a ação dos criminosos. Ela pediu que os familiares deixassem o local e iniciou a abordagem aos assaltantes. Houve troca de tiros, mas a PM saiu ilesa e seguiu para a Delegacia de Parnamirim.

Os homens conseguiram fugir, mas policiais do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI), das Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicleta (ROCAM), Polígono da Quixaba, 7º BPM de Ouricuri e da Polícia Rodoviária Federal foram para a caatinga na tentativa de capturar os homens.

A polícia também informou que o motorista e o carro-forte são os mesmos que sofreram uma tentativa de assalto em 12 de março deste ano, próximo ao distrito de Quixaba, que fica a 40 quilômetros de Ouricuri. Na ocasião, o motorista percebeu a ação e fez uma manobra retornando ao posto policial, de onde foi escoltado pela Polícia Militar e pela Polícia Federal até seu destino.

Fonte: G1