Bandidos confundem carro e atiram na cabeça de bebê de um ano

Criminosos suspeitaram que carro da família fosse da polícia.

Um bebê de um ano morreu vítima de bala perdida em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, no início da madrugada desta terça-feira (17).

O crime ocorreu no bairro do Mutuá, na Região Central da cidade. A família tinha acabado de sair de uma festa e estava a caminho de outro evento para buscar a filha mais velha, de 14 anos. O pai, que dirigia, suspeitou de um carro que vinha atrás e freiou. Em seguida, um dos passageiros que estava nesse outro veículo atirou. O menino Juan Rodrigues Morales Benites começou a chorar e a mãe percebeu que ele tinha sido baleado.

Ainda segundo a mãe, que estava em estado de choque, não havia tiroteio na região no momento e que a bala entrou pelo porta-malas do veículo e atingiu o bebê que estava no banco traseiro.

Juan era o filho caçula da família. O tiro atravessou o porta-malas, o banco traseiro e parou no painel da frente do carro. O menino foi atingido na cabeça e socorrido ao Hospital e Clínica São Gonçalo, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

De acordo com a polícia, os criminosos podem ter suspeitado que o carro da família fosse um carro descaracterizado da PM, por causa da película escura no vidro.

O caso chegou a ser registrado na 73ª DP (Neves), mas após a confirmação da morte do menino foi repassado à Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo.

Troca de tiros vitimou bebê (Crédito: Reprodução)
Tiro vitimou bebê (Crédito: Reprodução)
Troca de tiros vitimou bebê (Crédito: Reprodução)
Tiro vitimou bebê (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do G1