Bandidos disparam contra pizzaria e dois homens morrem no Rio

Vítimas são um PM reformado e o marido de uma das funcionárias

Dois homens morreram após serem baleados, no fim da noite desta quarta-feira, no Grajaú, na Zona Norte do Rio. O crime aconteceu na pizzaria e sorveteria Beijo&Beijo, localizada na Avenida Engenheiro Richard, por volta das 23h, quando criminosos passaram pelo estabelecimento e dispararam. As vítimas — um policial militar reformado e o marido de uma das funcionárias da loja — chegaram a ser socorridos e levadas para o Hospital federal do Andaraí, mas não resistiram aos ferimentos.

Os dois homens foram identificados como Silvio José Braga Ramos, de 69 anos, e Heleno Luiz Dias, de 50. O primeiro, segundo relato de testemunhas, é era um PM reformado que trabalhava como segurança do estabelecimento. O outro homem havia ido ao local, que há estava fechado, para buscar a mulher — no momento dos disparos. Um funcionário contou que nada foi roubado.

Não está claro ainda, com base na alegação de pessoas que estavam no local, se a ação dos bandidos se tratou de uma tentativa de assalto ou até uma execução do PM reformado.

Silvio foi atingido na região da cabeça. Ele foi levado para o hospital, segundo a polícia, por pessoas que estavam próximas ao local do crime. Já Heleno foi socorrido por uma ambulância. Testemunhas contaram que, ao perceber os disparos, ele teria tentado correr, e um dos bandidos disparou. Heleno foi atingido em um dos braços e no abdômen.

O caso está sob a investigação da Delegacia de Homicídios (DH) da Capital. Agentes da especializada estiveram no estabelecimento comercial e realizaram a perícia. Na calçada, em frente à pizzaria, havia marcas de sangue. A Polícia Militar também foi acionada para o local.

As famílias das vítimas estiveram na unidade hospitalar. Os parentes de Heleno ficaram bastante abalados, especialmente a mulher dele, que estava na loja e viu a cena trágica que terminou com a morte de seu marido. Ela precisou ser amparada por quem a acompanhava, na madrugada desta quinta-feira.

Alguns moradores da região onde fica localizado o estabelecimento ficaram assustados com o tiroteio no bairro. Um homem, que não se identificou, contou que, às vezes, acontece roubos a pedestres e assaltos na região, mas que não é comum crimes como o desta quarta-feira, com duas mortes.

Image title

Image title



Fonte: Com informações do OGlobo