Bandidos invadem Condomínio e mulher é morta com um tiro no peito

'Acreditamos que foi latrocínio', afirmou o delegado do caso.

Uma mulher identificada como Marta Emannuele Silva de Oliveira, de 34 anos, foi morta com um tiro no peito em uma tentativa de assalto ocorrida no Condomínio Brisa da Lagoa, Loteamento Manguaba 2, Chã do Pilar, no estado de Alagoas, onde residia.

A vítima, que trabalhava como servidora pública, havia acabado de deixar o filho em uma van escolar quando percebeu um carro, Uno Vivace, de cor vermelha, se aproximando. Antes de chegar em casa, no entanto, foi surpreendida com um tiro e devido à gravidades dos ferimentos, morreu ainda no local.

De acordo com o delegado José Carlos, responsável pelo caso, as primeiras investigações apontam  que Marta foi vítima de um latrocínio. “Pelas características do crime e outras informações colhidas no local acreditamos que foi latrocínio. O tiro atingiu a região do peito e eles não levaram nada porque a vítima já estava dentro da casa. Algumas câmeras da região mostram que após o tiro, os acusados fizeram a volta e foram embora", afirmou. 

O prefeito da cidade, Carlos Alberto Canuto, lamentou o crime  e disse estar indignado. “Fiquei surpreso e muito triste com este acontecimento com a Marta, pessoa boa, amiga, trabalhadora, de conceituada família, ótima mãe e esposa. Meus sentimentos a toda família e procurarei o Secretário de defesa Social para que se apure o mais rápido possível esta barbaridade, que não deveria mais estar acontecendo em nossa cidade. Pilar perde uma excelente colaboradora. Saudades!", escreveu em uma rede social. 

Peritos carregam o corpo da vítima Marta Emannuele Silva de Oliveira
Peritos carregam o corpo da vítima Marta Emannuele Silva de Oliveira





Fonte: Com informações do Alagoas 24 Horas‎