Bando ofereceu turista estuprada em van para homem em favela

Bando ofereceu turista estuprada em van para homem em favela

O casal ficou quase seis horas em poder da quadrilha, sendo torturados física e psicologicamente, depois de pegarem o veículo

Os três suspeitos detidos por estuprar, agredir e roubar um casal de estrangeiros, no último dia 30, ofereceram a jovem americana em uma comunidade a um homem que recusou a oferta. Segundo o delegado Gilbert Stivanello, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), o bando fez uma parada em uma comunidade para entregar um pacote a um homem, oferecendo também a vítima a ele. De acordo com Stivanello, o homem recusou, dizendo que a jovem ?estava muito estragada?.

? A vítima não conseguiu reconhecer a comunidade, mas pelo rastreamento, tudo indica que foi pela região de São Gonçalo. Ele debochou do estado em que ela se encontrava, muito machucada, e disse que não queria. Ele não ingressou na van, e o bando seguiu com o veículo, dando sequência às agressões ? disse o delegado nesta segunda-feira.

Além de terem assaltado o casal ? saíram por Copacabana para ?caçar gringos?. A informação foi dada, em depoimento, pelo adolescente F., de 13 anos, que atuava como cobrador do veículo e foi detido neste domingo, escondido num abrigo no Centro. Além dele, outros três criminosos já foram presos.

O menor negou ter estuprado a turista, mas confirmou participação no roubo. Segundo o delegado assistente Gilbert Stivanello, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente(DPCA), responsável pela detenção, F. admitiu que agrediu o turista francês. Ele disse que foi trabalhar como cobrador, mas sabia que o grupo tinha como hábito assaltar os passageiros. Segundo F., o motorista do veículo, Jonathan Froudakis de Souza, de 19 anos, e o cúmplice Walace Aparecido Souza Silva, de 21, já tinham combinado, antes de o casal de turistas embarcar, que iam percorrer Copacabana em busca de estrangeiros para assaltar. O menor contou que Jonathan teria dito: ?Hoje (dia 30), a gente está querendo caçar gringo?. Tanto Jonathan como Walace já estão presos, assim como um terceiro acusado, Carlos Armando Costa dos Santos, de 21.

O casal ficou quase seis horas em poder da quadrilha, sendo torturados física e psicologicamente, depois de pegarem o veículo. A jovem foi estuprada seguidas vezes. O francês, na tentativa de defendê-la, foi atacado com uma barra de ferro. A turista, em estado de choque, embarcou no dia seguinte de volta aos Estados Unidos.

Fonte: extr