Bandidos se passam por pacientes e assaltam clínica

A ação dos bandidos durou 20 minutos

Quatro assaltantes se passavam por pacientes e assaltaram uma clínica no centro de Teresina. Ao entrarem no local, eles perceberam que não existia circuito interno de filmagens. Sem as provas nas filmagens ficou mais difícil identificar os acusados.

O vigilante do prédio, Arthur Pereira, disse que os bandidos usavam duas motocicletas na hora da ação criminosa. "Entraram sem capacetes. Tinha duas funcionárias e uma paciente. O dono da clínica chegou no momento e foi abordado pelos assaltantes, que levaram muitas coisas. Todos ficaram apavorados e em seguida os ladrões fugiram", disse Arthur.

A ação dos bandidos durou 20 minutos e estavam armados com pistolas. Agrediram a todos com palavrões e um médico teve que deitar no piso com uma arma apontada para a sua cabeça. Veja mais na matéria de Pedro Borges:

Fonte: Pedro Borges