Bando tramava invadir banco durante jogo

Bando tramava invadir banco durante jogo

Grupo planejava assaltar Banco do Brasil em São José dos Campos

A quadrilha que cavou dois túneis em São José dos Campos, a 97 km de São Paulo, no Vale do Paraíba, para assaltar uma agência do Banco do Brasil planejava concluir o roubo ainda nesta semana. Segundo a Polícia Militar, o assalto seria realizado na tarde de sexta-feira (25), durante o jogo do Brasil na Copa contra Portugal. A investigação não descarta ainda que o roubo fosse concluído no fim de semana. Uma pessoa foi presa.

Os túneis foram descobertos na manhã desta quarta-feira (23). Os criminosos estavam muito próximos de romperem o concreto do chão da agência, que fica no Centro de São José dos Campos.

"Os bandidos chegaram até o concreto. Para cortá-lo, fariam muito barulho. Não podia ser de madrugada nem durante o dia. A Copa seria uma boa oportunidade", afirmou o major da PM Nilson Souza Silveira.

Primeiramente, foi informado que se tratava de apenas um túnel. Agora, a PM, que investigava o grupo havia 15 dias, afirma que se tratavam de dois túneis com diâmetro de cerca de 70 centímetros. Um partia de uma casa, a 300 metros do banco, e dava acesso à rede de águas pluviais. A outra escavação partia da rede de água pluvial e daria acesso ao cofre da agência, que não chegou a ser perfurado.

A Polícia Federal irá investigar a quadrilha, já que essa agência do Banco do Brasil de São José funcionava também como depósito do Banco Central.

A Polícia Militar começou a investigar o grupo após funcionários do Banco do Brasil reclamarem de barulho no local. O serviço de inteligência da PM foi acionado para o caso. Ainda de acordo com a PM, 15 pessoas podem ter ajudado nas escavações e planejado o roubo.

Durante a manhã desta quarta, a polícia realizou buscas na rede pluvial de São José dos Campos, mas não encontrou ninguém. Peritos da Polícia Federal foram até a casa que era usada pelo grupo e encontraram grande quantidade de terra.

A agência funciona normalmente nesta quarta. O Banco do Brasil informou, através de sua assessoria de imprensa, que não vai se manifestar sobre o incidente.

Túnel foi usado em maior roubo a banco do país

O maior roubo da história do Brasil foi o do Banco Central de Fortaleza, no Ceará, em agosto de 2005. Os ladrões, que levaram R$ 164 milhões, escavaram um túnel de 80 metros de extensão que ligava uma casa ao BC da capital cearense. Foram encontrados R$ 500 mil enterrados em uma caixa de isopor em casa na cidade de São Miguel, no Rio Grande do Norte. Em outubro de 2005, Luiz Fernando Ribeiro, um dos líderes da ação, foi sequestrado e morto. Suspeita-se que ele tenha sido assassinado por policiais civis.

Fonte: g1, www.g1.com.br