Bando ataca carro-forte para roubar malotes e troca tiros com seguranças no Ceará

Na troca de tiros com os seguranças, um dos bandidos ficou ferido

Pela quarta vez este ano, bandidos atacam um carro-forte nas ruas de Fortaleza. Ontem à tarde, por volta das 17 horas, uma quadrilha composta por quatro homens, armados com pistolas, rendeu vigilantes que tinham ido ao North Shopping, no bairro São Gerardo (zona oeste da Capital) apanhar quatro malotes de uma agência bancária. O roubo, porém, acabou sendo frustrado na saída dos ladrões. Eles trocaram tiros com os vigilantes do blindado e deixaram para trás os malotes com dinheiro e cheques.

Na troca de tiros com os seguranças, um dos bandidos ficou ferido. Ele sofreu um balaço na perna e tentou se refugiar nas proximidades de um motel, na Avenida Olavo Bilac, mas acabou detido por uma patrulha da Força Tática de Apoio (FTA), da 3ª Companhia do 5º BPM (Pirambu), sob o comando dos sargentos Cláudio Santos e Celestino.

O bandido preso, identificado como Antônio Marcos de Morais, residente no Bom Jardim e com extensa ficha de crimes, estava armado com uma pistola de calibre 380, além de um colete a prova de balas. Do local da prisão ele foi encaminhado ao Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro), onde foi operado e permanecia internado até o fim da noite passada. Os outros três criminosos conseguiram fugir do local em meio aos transeuntes e teriam, depois, utilizados motocicletas para deixar a área antes da chegada da Polícia.

No local onde aconteceu o tiroteio entre assaltantes e vigilantes, conhecida como docas (onde ocorre o desembarque de mercadorias), os policiais militares e da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), além dos peritos da Criminalística, encontraram cápsulas de calibres 380 e 45 milímetros.

O ataque dos bandidos foi filmado pelas câmeras de segurança eletrônica do shopping e já foram entregues à DRF para análise no setor de investigação. Com elas, a Polícia Civil pretende identificar os assaltantes. O bandido preso confessou que seus comparsas são assaltantes paraenses.

Inteligência

O chefe do setor de Inteligência do Comando-Geral da PM, tenente-coronel PM Ronaldo Viana, informou ao Diário do Nordeste que o ataque dos bandidos lhe foi comunicado em tempo real através da gerência de segurança da empresa Nordeste. Isso possibilitou a ação rápida da PM e a prisão de um dos ladrões.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br