SP: Bando deixa homem com suposta bomba presa ao corpo após assalto

. O bando teria roubado R$ 50 mil do estabelecimento e fugido do local, deixando o homem amarrado com os supostos explosivos

Um homem foi deixado por assaltantes com o que se suspeita ser uma bomba no corpo em uma empresa de ônibus no Jaguaré, zona oeste de São Paulo, na manhã desta segunda-feira (2).

Segundo a polícia, a vítima, funcionário da empresa Transpass, saía de casa quando foi rendida por quatro criminosos e obrigada a levá-los até a garagem da empresa, na avenida Torres Oliveira. O bando teria roubado R$ 50 mil do estabelecimento e fugido do local, deixando o homem amarrado com os supostos explosivos. A polícia ainda investiga onde estava o dinheiro.

A própria vítima conseguiu remover os artefatos de seu corpo, e uma equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi enviada ao local para identificar e desarmar o suposto material explosivo.

Responsável por gerenciar o transporte municipal, a SPTrans (São Paulo Transporte) disse à agência "Reuters" que a circulação de ônibus segue normalmente. A empresa não estava imediatamente disponível para comentar a ação. Em seu site, a Transppass afirma atuar desde 2004 no sistema de transporte coletivo da cidade, mantendo cerca de 35 linhas que atendem diariamente mais de 240.000 passageiros.

Fonte: UOL