"Bar onde Ruan foi morto era uma ponto de prostituição infantil", diz coronel Alberto

"Bar onde Ruan foi morto era uma ponto de prostituição infantil", diz coronel Alberto

Os fiscais fizeram a verificação de todo o local e constataram que as margens do Rio Parnaíba, nas proximidades do bar, são utilizadas para o consumo

Uma semana após o crime do universitário Ruan Pedreira, o bar Cais do Parnaíba, localizado na Avenida Maranhão, onde aconteceram os vários disparos no dia 28 de junho, sábado, foi interditado.

A interdição foi feita na manhã desta sexta-feira, 4, pela SDU Sul com o acompanhamento da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

De acordo com o coronel Alberto, da Polícia Militar, o local estava sendo utilizado para prostituição infantil. ?Nós trouxemos algumas autoridades em fiscalização. Porque ele estava aberto eu não sei explicar. Todos foram conduzidos para a Central de Flagrantes juntos com os menores e lá foi feito um procedimento?

?Nós estamos com o pessoal da SDU Sul e com o corpo de bombeiros. A fiscalização está de posse de um auto de interdição extrajudicial?, afirmou Jaime Oliveira, da Polícia Militar.

Os fiscais fizeram a verificação de todo o local e constataram que as margens do Rio Parnaíba, nas proximidades do bar, são utilizadas para o consumo de drogas. ?Pelas características do local a gente vê que aqui é ponto de uso de drogas. Diversas latinhas para o consumo da droga foram encontradas?, afirmou o fiscal Valdo Oliveira.

Os investigadores do 4o Distrito Policial (DP) estão à espera de informações de pessoas que possam contribuir com as investigações ou até mesmo levar à prisão o autor do crime do universitário.

Fonte: Denison Duarte