Bebê fica na mira de revólver durante assalto em Teresina

Bebê fica na mira de revólver durante assalto em Teresina

Comerciantes e moradores do Parque Eliana estão assustados com a onda de violência e assaltos realizados toda semana.

O perigo começa na PI 130 e vai até a Vila Irmã Dulce. Comerciantes e moradores do Parque Eliana estão assustados com a onda de violência e assaltos realizados toda semana. Os assaltantes trazem medo e prejuízo aos comerciantes do Parque Eliana.



?Aqui essa semana já assaltaram três vezes aqui lá pra cima e aí para a gente trabalhar mais seguro é na grade, mas mesmo assim não dá jeito não?, reclama a comerciante Elizangela Pereira.

Quem ainda não foi alvo dos bandidos pede policiamento e proteção divina. ?Eu aqui, graças a Deus, ainda não fui assaltado e tenho fé que não serei, mas tenho medo?, declara e agradece o também comerciante José Gomes.

Uma família moradora do local viveu momentos difíceis. O casal, que é dono de um bar, no último domingo - dia 17 de março - sofreu mais um assalto. Os acusados levaram dinheiro, mas a esposa e os filhos foram mantidos reféns por alguns minutos e ficaram na mira de um revólver.



?Eu estava aqui umas 10h da noite eles chegaram aqui uns três rapazes entraram e renderam todo mundo que estava aqui no bar e levaram os pertences do pessoal e pegaram e renderam meus dois filhos pequenos, um de apenas 7 meses e um de 3 anos. Renderam dentro da minha casa, colocaram todos no chão. Eles botaram a arma na cabeça do meu filho de 7 meses ameaçando a minha mulher para ela entregar mais dinheiro e disse que se ela não entregasse ia mater ele, uma cena de doer a alma de um pai?, conta o comerciante assaltado, Danilo Dias.

Com informações da matéria do repórter Pedro Borges exibida na Rede Meio Norte.

Bebê de 7 meses fica ma mira de revólver durante assalto por RedeMeioNorte no Videolog.tv.

Fonte: Marcilany Rodrigues